Grupo Opet

Todos os grandes pensadores precisaram, um dia, ter tido a oportunidade de desafiar-se e exercitar na prática os seus ideais. Para Renato Casagrande, o Grupo OPET foi e continua sendo o espaço onde as suas ideias acontecem. Foi ali que exercitou, como gestor, um dos seus trabalhos e contribuições inéditas para a educação brasileira, os oito papeis do gestor. Renato pode experimentar na prática o que era exercer ao mesmo tempo o papel de empreendedor, negociador, planejador, organizador, orientador, monitor, facilitador e mentor. Esses papeis exercitados no Grupo OPET deram a Casagrande a experiência e a legitimidade de levar essa experiência e contribuir com gestores educacionais do norte ao sul do Brasil.

No Grupo OPET, Renato trabalhou por mais de 15 anos, iniciando sua carreira nessa instituição como professor de matemática de educação básica e ocupando, na sequência, cargos e funções na gestão estratégica da instituição. Também foi coordenador pedagógico, diretor administrativo-financeiro, chegando depois a diretor geral da mantenedora do Grupo.

Entre as principais atividades desenvolvidas, pode-se destacar a aquisição e fusão do Colégio Lins de Vasconcelos, a implantação da Faculdade Opet, do Centro de Pós-Graduação e do Centro Tecnológico Opet. Também liderou a reestruturação dos cursos técnicos, do ensino médio e a implantação de numerosos projetos em diversas áreas. Foi, também, membro atuante do Conselho Superior de Gestão por 10 anos, sendo um dos responsáveis pela condução estratégica do Grupo no período do seu maior crescimento e projeção.

Portanto, o Grupo OPET foi espaço fértil para que Renato pudesse construir base sólida para a carreira de consultor que passou a abraçar. Aqui os oito papeis do gestor que mais tarde se tornam o seu grande foco de atuação, foram vividas na prática. Sim, por que empreender, aprender a negociar, exercitar o planejamento, organizar os processos e fluxos de uma instituição, orientar as pessoas, monitorar os processos, ajudar os colaboradores a aprender a facilitar os encaminhamentos e tornar-se um profissional reflexivo para ser mentor dos processos, não ocorre de uma hora para outra. Pelo contrário, é fruto de intenso exercício teórico-prático no interior das instituições educacionais.

 

“Trabalhei com o Professor Renato Casagrande durante nove anos no Grupo Opet. Fui Coordenadora Pedagógica, Diretora de Escola e Coordenadora do Centro de Pós Graduação da Faculdade. Em todos essas funções tive o Prof. Renato Casagrande como meu líder. Não tenho dúvida em afirmar que o Prof. Renato foi um dos grandes responsáveis pela transformação da Opet. Deixou marcas profundas na instituição, nos gestores, nos professores, nos funcionários e nos alunos que tiveram a oportunidade de conviver e aprender com ele. Prof.Renato Casagrande é para mim uma referência nacional em gestão educacional. Considero um dos melhores gestores educacionais e também um dos melhores palestrantes educacionais do nosso Brasil.”

Josemary Morastoni

Educadora, especialista em Gestão Educacional.

 

“Trabalhei muito anos no Grupo Opet, inicialmente como diretora do colégio e depois como ouvidora da Faculdade. Sem dúvida alguma, posso afirmar que ao Grupo Opet sofreu uma grande transformação enquanto o Prof. Renato esteve à Frente da gestão do Grupo educacional.

Na Faculdade, vários programas que viraram grandes diferenciais, foram implantadas por ele. Por exemplo, portas abertas com a direção, café e cultura, quarentena com alunos, ouvidoria acadêmica e tantos outros.

O Professor Renato Casagrande além  de uma pessoa incrível,  é  um grande incentivador profissional. Posso afirmar que minha carreira no setor educacional foi impulsionada por ele e por seu dinamismo.

Grande educador , estudioso e nunca para,  sempre preocupado com o desenvolvimento de pessoas e da educação. Sempre temos o que aprender com ele!”

Angela Botega

Ouvidora da Universidade Positivo