Faculdade da Indústria – IELPR

A Assessoria do Grupo Alleanza na Unindus – Universidade da Indústria, que é a universidade corporativa do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná – Sistema FIEP, pertencente ao Núcleo de Educação Corporativa do IEL-PR, iniciou em 01/12/2016. Naquele momento a Universidade da Indústria passava por processo de transição de mantença e necessitava de uma global reorganização em todas as dimensões. Nesse sentido, o Grupo Alleanza começa suas atividades procedendo uma análise e compreensão do processo de transferência de mantença. Procedeu-se, inicialmente um diagnóstico completo da Instituição, desde carga horária dos coordenadores e professores, análise da situação das matrículas, estabelecendo, diante dos problemas,  estratégias emergenciais, diagnosticando dados e resultados; revisão de metas; definição de ações, responsabilidades e novas metas; definindo alinhamentos para ações de matrículas; discutindo e definindo com a direção os encaminhamentos estratégicos sobre a necessidade de posicionamento da Faculdade; analisou-se a expectativa em relação ao EAD, modalidade a ser implantada na Instituição; definindo e encaminhando ações para as pesquisas com alunos; realinhando um novo planejamento estratégico, com reavaliação dos cenários, implantação de nova matriz estratégica, reposicionamento da faculdade, com novos objetivos, indicadores e metas; entre outras análises e ações implantadas para reposicionar a Faculdade nos novos cenários.

A partir do diagnóstico e das ações implementadas, decorrentes da intervenção da Alleanza, podem-se mencionar profundas transformações na Universidade das Indústrias que a colocam hoje em uma das mais promissoras instituições de ensino superior do Paraná:

  • Criação e implantação de simulador para analisar a carga horária dos professores, coordenadores, horas extras, horas para projetos, entre outros.
  • Revisão das matrizes curriculares com implantação de 20% não presencial, de acordo com a legislação.
  • Realinhamento da carga horária dos professores e coordenadores: sem perder em qualidade, houve substancial diminuição da folha de salários, sem afetar o clima institucional, que garantiu o equilíbrio financeiro institucional.
  • Adequação dos processos institucionais ao Sistema Nacional deAvaliação da Educação Superior (Sinaes), garantindo excelência na avaliação em cada curso e na avaliação externa da Instituição desenvolvida pelo Ministério da Educação.
  • Implantação da avaliação institucional com os acadêmicos, procedendo os realinhamentos das fragilidades apontadas, fortalecendo assim o clima instituiconal.
  • Construído e protocolado no MEC o projeto de EAD.
  • Reavaliação do plano de negócios da Universidade.
  • Implantado o novo Planejamento Estratégico.
  • Realizada, continuamente avaliação geral da Faculdade, com realinhamento das metas.

 

 

“Renato, nossos agradecimentos e satisfação por tê-lo conosco. É uma honra e privilégio poder trabalhar com você e contar com seus conselhos. Parabéns por dedicar seu talento, brilhantismo e paixão à gratificante missão da educação.”

Afrânio Gonçalves Custodio Junior

Diretor da Mantenedora da Faculdade da Indústria – IEL/PR